O que fazer em Tucuruí: 10 melhores pontos turísticos

Localizado no estado do Pará, Tucuruí é a mais antiga cidade existente no sudeste do Pará (região do Carajás). É conhecido por abrigar a maior usina hidrelétrica totalmente brasileira e a quarta do mundo: a Usina Hidrelétrica Tucuruí, construída e operada desde 22 de novembro de 1984 pela Eletronorte. Foto: Farol de Tucuruí por Anderson S. de Souza, CC BY-SA 3.0, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=25798958

Dentre os pontos turísticos da cidade, podemos destacar o Lago de Tucuruí, a Praia da Pederneira, a Locomotiva Belém, a Usina Hidrelétrica de Tucuruí e a Eclusa da UHE Tucuruí.

Desde 2009, todo último final de semana do mês de maio, acontece o Torneio de Pesca Esportiva de Tucuruí, cujo objetivo é a pesca do maior tucunaré, um peixe muito valorizado na pesca esportiva. São distribuídos vários prêmios aos participantes, que vêm de diferentes partes do país e até de outros países para pescar.

Não deixe de experimentar o Tucunaré, um peixe muito comum na região, conhecido popularmente como “bicudo”. A delícia típica de Tucuruí é preparada com limão, cebola, tomate, e pimenta de cheiro, fazendo com que o prato tenha um aroma especial.

Conheça os 10 melhores pontos turísticos de Tucuruí!

1 – Usina Hidrelétrica de Tucuruí

Em meados da segunda metade do século XX, Tucuruí é palco da construção de um grande empreendimento, a Usina Hidrelétrica de Tucuruí (UHE), fonte de energia para milhões de brasileiros. A obra foi responsável pela radical mudança econômica da cidade, além da chegada de muitas famílias envolvidas nas atividades da usina.

2 – Lago de Tucuruí

O Lago de Tucuruí é um dos resultados do processo de barramento do rio. Conhecido por sua beleza exuberante, o lago artificial permite uma vista encantadora do pôr-do-sol. Além de passeios regionais de barco, é possível conhecer as praias que possibilitam a visão de 100% da Usina Hidrelétrica, rio abaixo do leito do Tocantins.

3 – Praia da Pederneira

É uma praia de água doce que se localiza numa ilha chamada de Pederneira, com aproximadamente 4 Km de extensão. O por do sol é magnífico deste local ideal para acampar. Não possui infra-estrutura e nem energia elétrica. A visitação é somente quando o rio abaixa de junho a novembro.

4 – Área de Proteção Ambiental do Lago Tucuruí

A Área de Proteção Ambiental (APA) do Lago de Tucuruí é uma Unidade de Conservação de Uso Sustentável e apresenta extensão territorial de 503.490,00 ha (descontadas as áreas das RDSs Alcobaça e Pucuruí-Ararão, situadas dentro de seu território), compreendendo os municípios de Tucuruí, Breu Branco, Goianésia do Pará, Jacundá, Novo Repartimento, Nova Ipixuna e Itupiranga. É a 8ª maior Unidade de Conservação Estadual.

5 – Eclusas da UHE Tucuruí

O sistema de Tucuruí, no Rio Tocantins, tem duas eclusas e um canal intermediário de 5.500 metros de extensão, em um sistema que permite manobras e cruzamentos. Cada eclusa tem 210 metros de comprimento, 33 metros de largura e 5 metros de calado. A construção das duas eclusas venceu um desnível de 72 metros de altura provocado pela construção da barragem da usina hidrelétrica de Tucuruí.

6 – lha de Germoplasma

Localiza-se a aproximadamente 1 km da UHE Tucuruí, com infraestrutura de alojamento para trabalhadores e pesquisadores – Trilhas e espécies da flora identificadas. O modo de chegar é somente por água (Lago da UHE Tucuruí) e a energia elétrica é obtida através de placas solares. A visitação (baixa e alta estação) se dá somente com a permissão da Eletrobrás/Eletronorte.

7 – Locomotiva Belém

A Estrada de Ferro Tocantins (EFT) foi uma ferrovia brasileira localizada no estado do Pará. Esteve em operação de entre 1908 e 1973, sendo extinta através de um decreto federal. Hoje o que restou dessa história foi a Locomotiva Belém, que se encontra preservada em frente ao Centro Cultural da Vila Permanente.

8 – Carnaré

O Carnaré está entre os maiores carnavais fora de época do Pará. Organizado em blocos, os trios arrastam foliões pelas ruas da cidade até a Marquês de Santo Antônio, segundo os tucuruienses uma alusão a Marquês de Sapucaí. A atração, onde se apresentam bandas regionais e nacionais, recebe turistas de diversos estados do Brasil.

9 – Torneio de Pesca Esportiva

A construção da usina também estimulou a prática da pesca esportiva em Tucuruí, que levou a criação do Torneio de Pesca Esportiva da Amazônia, antigamente conhecido como Topam. Desde 2010, a competição leva o nome de Tortuc, Torneio de Pesca Esportiva de Tucuruí. Além de promover o desenvolvimento socioambiental sustentável da região do entorno do Lago da UHE de Tucuruí, o torneio promove o turismo de pesca e a melhoria da qualidade de vida e a inclusão social da comunidade ribeirinha no entorno do lago.

10 – Tucunaré

O prato mais conhecido e definido pelos moradores e turistas como a delícia de Tucuruí não poderia deixar de ser feito com peixe, o Tucunaré, também chamado popularmente de “bicudo”. O animal é abundante na região, e tem uma forma especial de ser servido na cidade: assado dentro de um saco plástico. A delícia típica de Tucuruí é preparada com limão, cebola, tomate, e pimenta de cheiro, fazendo com que o prato tenha um aroma especial.

QUER CONHECER TUCURUÍ?
Temos pacotes personalizados e exclusivos para atender você!
Informações: (21) 98854-2018
Reservas: [email protected]
t

Translate »