O que fazer em Formosa: 10 melhores pontos turísticos

Localizada no estado de Goiás, Formosa da Imperatriz situa-se a 80 km de Brasília, e a 282 km de Goiânia. O município de Formosa é conhecido como “Berço das Águas” por possuir nascentes de três das maiores bacias hidrográficas da América do Sul. Foto: Cachoeira Itiquira por Adelano Lázaro, Domínio público

Eleita como a 8ª melhor cidade turística do estado de Goiás, a cidade de Formosa é um mundo a ser desbravado pelos espíritos aventureiros: grutas, cachoeiras, quedas livres, trilhas, e rampas de voo livre vão fazer você sentir um gostinho de adrenalina como nunca antes. Além disso, a cidade abriga sítios arqueológicos e recebe importantes festas religiosas ao longo do ano.

Formosa é uma cidade de importante riqueza natural, com um grande número de cachoeiras. Dentre elas destaca-se a Cachoeira do Itiquira, localizada a 34 km do centro de Formosa. Outro ponto turístico muito conhecido é a Lagoa Feia, com 6 km de comprimento e 500 m de largura.

Destacam-se também o Lajedo que forma grandes piscinas naturais, a Gruta das Andorinhas com aproximadamente 105 metros de profundidade, o Buraco das Araras com aproximadamente 105 metros de profundidade, a Cachoeira do Bisnau e o Rio Bandeirinha que forma várias cachoeiras.

A cidade também possui 42 sítios arqueológicos catalogados pelo IPHAN, destacando-se o Sitio Arqueologico do Bisnau e o Sítio Arqueológico da Lapa da Pedra, conhecido popularmente como Toca da Onça.

Conheça os 10 melhores pontos turísticos de Formosa!

1 – Lagoa Feia

É Ideal para a prática de esportes aquáticos como jet ski, pescaria, standup paddle, canoagem, passeio de lancha e pedalinho, a Lagoa Feia fica a apenas 5 km do centro de Formosa. Em alguns pontos, a Lagoa chega a 100 metros de profundidade.

2 – Salto do Itiquira

Criado em 1981, o Parque Nacional do Itiquira abriga o incrível Salto do Itiquira. Localizado a 32km do centro de Formosa, o Salto possui 168 metros de altura, sendo o maior salto de fácil acesso do Brasil. O Parque abriga ainda várias corredeiras, mirantes, cânions e mais de 35 nascentes de água. A reserva conta com uma trilha que leva à base do Salto.

3 – Buraco das Araras

Localizado a 42km do centro de Formosa, o Buraco das Araras é a segunda maior dolina de colapso do centro-oeste (depressão em formato circular formado pela dissolução das rochas) e uma das maiores do Brasil, e abriga no seu interior uma densa floresta úmida, com samambaias gigantes, e uma caverna secreta banhada por rios subterrâneos de água cristalina.

4 – Buraco das Andorinhas

Complexo de grutas de aproximadamente 250 metros de profundidade, o Buraco das Andorinhas é habitado por aves que lhe renderam o nome. No seu interior, corre um rio de água fresca e cristalina, que atrai mergulhadores. O Buraco das Andorinhas faz parte de uma reserva particular, localizada a 49km do centro de Formosa.

5 – Caverna Escaroba

Para ter acesso às belezas abrigadas na Caverna Escaroba, é preciso descer de rapel por uma claraboia. Lá dentro, formações rochosas e uma pequena cachoeira criam um cenário impressionante.

6 – Cachoeiras do Indaiá

Localizadas em reserva particular, as Cachoeiras do Indaiá são uma série de quedas d’água, a maior delas com 30 metros de altura. Todas formam poços de água ideais para banho. As cachoeiras estão a 28km do centro de Formosa.

7 – Cachoeira do Bisnau

Seguindo a mesma estrada que leva ao Sítio Arqueológico do Bisnau, encontra-se a Cachoeira do Bisnau, que faz parte de um conjunto de córregos que alimentam as bacias dos rios São Francisco e Tocantins-Amazonas.

8 – Sítio Arqueológico Toca da Onça

Localizado em uma reserva particular a 7km do centro de Formosa, para visitar o Sítio Arqueológico Toca da Onça é necessário fazer agendamento prévio. Com formação rara de rochas calcárias, é possível visualizar pinturas rupestres nas paredes, datadas de aproximadamente 4500 anos.

9 – Sítio Arqueológico do Bisnau

Visitado por estudantes e pesquisadores, o Sítio Arqueológico do Bisnau é um lajedo de cerca de 2600m² de rocha de arenito, com inscrições rupestres em baixo relevo, datadas de 11 mil anos. O sítio fica a 54km do centro de Formosa, e está localizado em propriedade particular.

10 – Rampa de voo livre do Vale do Paranã

Situada no Vale do Paranã, a rampa de voo livre recebe todos os anos uma etapa do Campeonato Nacional de Voo Livre. Localizada a aproximadamente 1300 metros de altura, a pista permite voos de até 3 mil metros. O clima ideal para a prática do voo livre, segundo os especialistas, é durante o mês de agosto. Para chegar até a rampa, é preciso seguir pela GO-118, que liga Formosa à Chapada dos Veadeiros.

QUER CONHECER FORMOSA?
Temos pacotes personalizados e exclusivos para atender você!
Informações: (21) 98854-2018
Reservas: [email protected]

Translate »